Friday, June 8, 2012

Capoeira no MMA: espetáculo e eficiência destaque com @barraozinho



Marcus "Lelo" Aurélio (6-1), o Mestre Barrãozinho, é o autor desse nocaute incrível, que aconteceu em 4 de abril de 2009, contra Keegan Marshall (1-1), pelo North American Challenge 24. Desde então, foram mais quatro vitórias, a última contra Matt Dwyer, há um mês, pelo evento canadense Battlefield Fight League 15.

Principal representante da capoeira no MMA, o recifense atua como meio-médio e é considerado o lutador mais empolgante do Battlefield Fight League -- não à toa, quatro de suas seis vitórias aconteceram antes do primeiro minuto do 1º round. Entrevistei o cara sobre sua carreira. Confira:

Arena MMA: Você mora e trabalha no Canadá, não é? Como você foi parar aí?

Marcus Aurélio: Sim, eu moro e trabalho em Vancouver. Eu vim aqui através da capoeira, com meu pai, Mestre Barrão, e o Grupo Axé Capoeira. Nós fomos convidados a fazer shows em festivais internacionais aqui. Depois, meu pai abriu a primeira academia de capoeira no Canadá, e agora eu tomo conta do trabalho que meu pai iniciou.

Arena MMA: Quando você notou que poderia usar seus conhecimentos de capoeira no MMA?

Marcus Aurélio: Eu cresci dentro da capoeira. Sempre soube que a capoeira poderia ser eficientemente usada como arte marcial. Quando chegamos no Canadá, todos acharam que a capoeira era só uma dança, entao eu, junto com meus irmãos e alunos, começamos a participar de varias competições de luta. Antes, era na base só da capoeira, tive que usar tudo que aprendi no jogo e nas brigas de capoeira pra poder lutar dentro do ringue.

Arena MMA: Você tem sete lutas: as duas primeiras em 2005 e a terceira só em 2009. O que aconteceu nesse período pra que você ficasse tanto tempo sem lutar?

Marcus Aurélio: Em 2005, eu virei lutador profissional, mas, no meio de 2006, eu me machuquei na virilha e tive que fazer uma operação. Depois, em 2007, eu comecei a trabalhar e viajar muito fazendo capoeira. Não tava em condições pra treinar direito pra nenhuma luta, e também estava recuperando da minha operação. Então, só em 2009 que tive condições de começar a competir de novo.

Arena MMA: Você ficou conhecido na internet por aquele nocaute com chute rodado da capoeira, mas você já venceu com outro nocaute incrível, já derrotou adversário com mata-leão e, agora, com um slam, golpes conhecidos de outras modalidades. Como anda seu treinamento em outras lutas?

Marcus Aurélio: A do chute rodado, que nós chamamos na capoeira de meia lua de compasso, com certeza é a minha luta mais conhecida, onde eu mostro minha base de capoeira quando luto. O slam tambem acontece muito na capoeira, como uma forma de pegar o chute martelo. Mas eu treino seis vezes por semana, duas vezes por dia: de manhã meu treino de todas as modalidades juntas, de noite o meu treino de capoeira. Estou levando minha carreira de luta mais a sério, então estou aprendendo muito sobre outras lutas e como me defender delas. Gosto muito de lutar porque aprendo muito, e também porque agora eu represento toda a capoeira no MMA.

Capoeira no MMA: espetáculo e eficiência destaque com @barraozinho

No comments:

Post a Comment